sábado, 29 de julho de 2017

Para refletir: A corrupção dos governantes quase sempre começa com a corrupção dos seus princípios (Barão de Montesquieu).

Lições de moralidade
PROCURADOR GUSTAVO SANTOS
Em tempos de Lava Jato, escândalos na administração pública e do descrédito da população diante da lama que invade suas instituições e os poderes constituídos, o Ministério Público de Contas de Alagoas dá sinais evidentes de que nem tudo está perdido e mais uma vez se destaca por medidas de austeridade. Desde sua reformulação, com a entrada de novos procuradores aprovados em concurso público, o órgão que compõe o plenário do Tribunal de Contas do Estado ganhou notoriedade pela postura de seus jovens e destemidos integrantes e pela maneira diferente de fazer gestão pública. Agora mesmo realiza pela terceira vez processo seletivo para o preenchimento de cargos comissionados
Para o subprocurador-geral Gustavo Santos, titular da 4ª Procuradoria de Contas, “O número de inscritos superou a nossa melhor expectativa. O nível dos candidatos foi o melhor possível, muitos com mestrado e doutorado. Não há dúvidas que essa fórmula de seleção, além de implementar os princípios constitucionais da impessoalidade e eficiência, é apta a selecionar o melhor material humano para a administração pública”, declarou o procurador.
Investindo em cidadania
Promover o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, estudantes de escolas públicas, por meio de ações educacionais que favoreçam a inclusão social e ampliem a consciência cidadã, contemplando a formação de educadores sociais. Esse é o objetivo do projeto implantado na cidade de Palmeira dos Índios, a partir da última terça-feira (25), graças ao trabalho desenvolvido pelo promotor de Justiça Rogério Paranhos em parceria com o Banco do Brasil e a Rede de Proteção à Infância e à Juventude. Cerca de 100 crianças e adolescentes são beneficiados e a escolha deles se deu por meio de um processo criterioso de avaliação.
O programa AABB Comunidade consiste em uma proposta de complementação educacional, baseada na valorização da cultura do educando e de sua comunidade. Essa complementação é efetivada por meio de atividades lúdicas desenvolvidas em torno de áreas como saúde, esporte e linguagens artísticas, possibilitando a construção de conhecimentos e o acesso à cidadania.
Recado dado


“Ao contrário dele, que preside uma legenda contaminada pela corrupção que roubou a fé, a ética e recursos públicos do país, Heloísa tem moral, autoridade política e legitimidade pública para falar em nome dos que abominam a corrupção, seja esse crime em que partido ou governo resida”.
“A Rede Alagoas vê com indignação a agressão gratuita do petista Ricardo Barbosa, de novo lamentando que ele continue a ser usado por forças políticas de Alagoas para tentar atingir – inutilmente – a história de honradez de Heloísa Helena na política brasileira”, finalizou.
Na verdade mesmo eles estão com medo de uma candidatura de Heloisa e a serviço dos “patrões” alagoanos, que todos conhecemos.
A falência do “Democratas”
Um dos maiores exemplos da falência do atual modelo político brasileiro está no partido Democratas e sua decadência de moral e estrutura nos últimos anos. Nascido um dos partidos mais fortes, com a liderança de expressivas  figuras nacionais como Marco Maciel, Aureliano Chaves, Guilherme Palmeira, Jorge Bornhausen e José Sarney, como Frente Liberal foi protagonista de grandes momentos da história da politica.
O velho e respeitado PFL sempre se destacou na defesa da democracia. Com sua transformação em Democratas,  começou a se descaracterizar e fugir dos seus princípios fundamentais e se igualar aos outros. Hoje o que resta dos Democratas? Um partido à beira da falência absoluta, sem lideranças expressivas, e fadado a total extinção. Hoje é quase um nanico , daqueles que se  prostituem a cada eleição.
Perdeu a identidade, não apenas diminuiu de tamanho, sua expressão sumiu, suas estrelas se apagaram é um partido sem luz – pecou pela incoerência, falta de lideranças  e oportunismo
O mapa do Biu
SENADOR BENEDITO DE LIRA
Na eleição em 2010 para o Senado aqui publiquei uma nota na qual dizia que o então deputado Benedito de Lira não tinha qualquer chance de vencer com uma “candidatura inviável em vários pontos” a disputa. No dia em que saiu a coluna (sexta feira) recebi um telefonema do candidato, meu amigo pessoal,  convidando para um café no domingo para conversarmos. Nada falou do comentário, mas eu sabia qual seria a pauta do nosso encontro. No local e hora combinados nos encontramos. Durante nosso encontro pediu licença e abriu um bem organizado “mapa político” de sua autoria. Foi me mostrando pontualmente cada base eleitoral, em cada município, quais lideranças o apoiavam e o que tinha feito para ajudar cada um desses locais apontados. Sai dali convencido das amplas chances de sua eleição e assim foi. Eis que surge agora a disputa para renovação de seu mandato. Todos e as pesquisas mostram uma desvantagem entre ele e alguns dos prováveis candidatos. Confesso que não me arrisco a dar nenhum palpite até que veja de novo o “mapa do Biu”.
Conselho de mãe
(BRASÍLIA) - Mariangeles Ibarra Maia foi além de qualquer atitude padrão de uma mãe preocupada. A chilena enviou uma mensagem ao seu filho, presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), mandando-o “não conspirar” contra o presidente Michel Temer, de quem é sucessor direto. 
O aviso foi enviado em meio a acusações de que Maia poderia estar articulando secretamente para substituir o peemedebista no cargo. As notícias sobre a “conspiração” causaram mal-estar entre os dois.
“Você me ensinou que eu tenho de ser leal, e assim eu sou”, teria escrito o parlamentar do DEM quase cinquentão – ele tem 47 anos – à mãe zelosa. Em entrevista à Globonews na terça-feira passada, o presidente da Câmara contou ter mostrado a mensagem materna a Temer, como garantia de sua fidelidade.
Quem conhece Mariangeles não se surpreendeu com o estilo, agora tornado público, de mãezona rigorosa com o filho crescido.


Conta Gotas
DEPUTADO Bruno Toledo tem sido uma grata revelação na Assembleia Legislativa. Com posições independentes e firmes tem acuado o governo em várias frentes.  O menino promete.

PEGOU RUIM para o governador suas declarações sobre o preço dos combustíveis por aqui. Seus marqueteiros mais uma vez erraram feio.

OS FRAUDADORES do Mestrado da UFAL continuam impunes e mandando em suas respectivas áreas de comando. Até quando?

De uma autoridade médica: - O Hospital Geral (HGE) está apodrecido, abandonado e fazendo vitimas. É irresponsável se falar em construção de outro em Maceió. Esse povo enlouqueceu.



Coluna Publicada no Jornal Extra / Jornal Tribuna do Sertão / Jornal Tribuna Alagoana. Sites: Painel Notícias / Tribuna do Sertão / Tribuna do Agreste / Resumo Político / Alagoas Real / Tribuna União / Primeiro Momento.

Nenhum comentário:

Para refletir : A corrupção dos governantes quase sempre começa com a corrupção dos seus princípios ( Barão de Montesquieu ). Lições ...